Farmacêutico: profissão em alta | TCLED

Notícias

Farmacêutico: profissão em alta

Publicado: 09/08/2018

De acordo com a Associação Brasileira de Redes de Farmácias e Drogarias (Abrafarma), entre maio de 2017 e maio deste ano, o número de farmacêuticos atuantes cresceu 12%, permanecendo na terceira colocação entre em os empregos formais gerados nos quatro primeiros meses de 2018. Superada apenas por enfermeiros e analistas de desenvolvimento de sistemas, foram geradas mais de 14 mil vagas para a profissão no período.


Segundo Sergio Mena Barreto, executivo da Abrafarma, a contínua expansão do varejo e a celeridade nas vendas contribuíram para alavancar as contratações, bem como o crescente investimento das redes no modelo de assistência farmacêutica, medida que vem ampliando a importância dos farmacêuticos na orientação clínica à população.


Reflexo dessa tendência, as farmácias e drogarias intensificaram a abertura de salas de orientação clínica nos pontos de venda:  já são mais de 1,6 mil espaços deste gênero, contando com cerca de 4,5 mil farmacêuticos.


“Esses profissionais detêm conhecimentos para complementar a atuação dos médicos e, assim, estimular o acesso à saúde e a continuidade dos tratamentos”, acredita Barreto. Assumindo papel da prevenção e orientação, os farmacêuticos  realizam a revisão de medicamentos, acompanhamento do tratamento prescrito pelo médico, checagem do nível de diabetes, hipertensão, colesterol e, em alguns casos, até imunização.

As expectativas são promissoras e apontam para a abertura de outras 1,8 mil salas de assistência até 2020 em todo o país.



Fonte: https://panoramafarmaceutico.com.br/2018/08/07/desenvolvimento/

09/08/2018